janeiro 28, 2010

Quase 23

Foram tantos os lugares por onde passei
Que nem sei onde estou.
Ilustro paisagens, que você diz que inventei.
Faz parte da viagem.
Vago em um jardim de plantas diárias.
Parece que o inferno congelou,
Vou erguer as velas, puramente aquecer o céu.
E que Rapunzel aguente como deve ser.
Você diz tudo que sabe, sem saber.
Enquanto reviro discos, que nada têm a dizer.
23:22. Não toque assim de leve, para se divertir.
Pode me dar uma passagem para o céu,
Mas talvez eu queira outras paisagens.
Para menores preocupações, bata a porta.

2 comentários:

  1. nossa, Bell. que poema lindo ! sério !

    ResponderExcluir
  2. Lindoo bell! adoro sua escolha de palavras"!
    Tres horas depois eu cheguei a´´i!! *--*
    AHH' q q isso tem a ver née?!
    enfim,..
    bjoos! e parabens!

    ResponderExcluir